Saiba de dicas importantes para passar em um concurso público.
07/02/2012
0 COMENTÁRIOS

Concursos

Todos os anos milhares de pessoas em todo o país decidem estudar para participarem de concursos públicos. Mas por que será que os concursos atraem tantas pessoas? A estabilidade profissional e o valor da remuneração são alguns dos motivos pelos quais o interesse por concursos públicos cresce a cada ano. Além do que, o processo seletivo é totalmente democrático, já que qualquer pessoa pode fazer as provas para ingressar no serviço público, seja ele municipal, estadual ou federal.

Quem passa em concurso público é chamado de servidor público. No Brasil, os concursos são de provas ou de provas e títulos, e há cargos para os níveis fundamental, médio e superior.

Os concurseiros podem fazer concursos federais, estaduais e municipais. Os concursos federais como INSS, Caixa Econômica, Banco do Brasil, Banco Central, Senado Federal e Tribunal Regional Federal, Receita Federal, hospitais federais, Ministérios, Universidades, entre outros, são muito procurados pelos concurseiros.

No caso dos concursos estaduais, a grande procura é por concursos nas áreas de Defensoria Pública, Detran, Tribunal de Justiça, secretarias estaduais, hospitais e escolas estaduais, Tribunal de Contas do Estado, e muitos outros.

Já os concursos municipais tendem a ser menos procurados que os concursos estaduais, e, principalmente, os federais, no entanto, há várias oportunidades no serviço público municipal que não devem ser desprezadas. Vale lembrar que muitos candidatos fazem prova para outros municípios e que, dependendo do salário, vale a pena mudar de município em caso de aprovação.

Quem deseja fazer concurso público municipal pode trabalhar nas áreas de saúde, fiscalização de tributos, ordenamento urbano (como fiscais de obras e fiscais de posturas municipais), auditor fiscal e educação pré-escolar e fundamental, entre outras. Além do mais, são disponibilizadas diversas vagas para quem tem nível fundamental, como, por exemplo, gari, copeira, motorista, vigia, servente, merendeira, agente educador e auxiliar administrativo.

Uma dica importante para quem vai fazer concurso público seja municipal, estadual ou federal é estudar muito e procurar na internet por provas de concursos anteriores para o mesmo cargo, pois ao realizar outras provas o concurseiro estará automaticamente estudando, e ainda poderá verificar se ele tem mais dúvidas com relação a uma ou outra matéria que irá cair na sua futura prova. Ao notar a dificuldade maior por uma determinada disciplina, o concurseiro poderá elaborar um plano de estudos, e assim dar mais ênfase à matéria problemática. Outra vantagem com relação a realização de provas anteriores, é que o concurseiro já conhecerá de antemão o estilo das questões formuladas pela banca examinadora, não sendo, portanto, surpreendido na hora de fazer a sua prova.

Com o crescente interesse por concurso público, foram surgindo cada vez mais cursos preparatórios para concursos. Os cursos podem ser feitos de forma presencial, ou seja, o professor está na sala de aula, ou telepresencial (virtualmente), ou online. Por isso, quem deseja se preparar para fazer prova para concurso público encontra diversas oportunidades para estudar.

Todo concurso público é regido por um edital, onde constam as exigências para que uma pessoa possa participar de um processo seletivo, por isso é importantíssimo ler todos os itens que constam no edital, já que lá são divulgadas informações sobre o cargo, a área e a especialidade, o número de vagas disponíveis, a carga horária e o número de vagas para portadores de necessidades especiais.

No edital também é especificado o valor da remuneração de todas as áreas. Informações sobre o período de inscrição para o concurso, o conteúdo programático que cai nas provas, o número de questões e a pontuação, e os critérios de avaliação e de classificação também são discriminados no edital. O concurseiro deve prestar atenção nos requisitos para a investidura no cargo, já que passar no concurso público e ser aprovado não garante a posse, pois é preciso também preencher os requisitos básicos especificados no edital.

Muitas outras informações como, por exemplo, o que não pode ser levado no dia da prova, em que cidade o concurseiro irá trabalhar (no caso dele não puder escolher a cidade de sua preferência) também são incluídas no edital. Assim sendo, por causa do grande volume de informações que constam no edital, a recomendação é fazer uma leitura cuidadosa para avaliar bem todo o processo seletivo.

CONCURSOS PÚBLICOS ESTADOS

PARCEIROS CONCURSO PÚBLICO BRASIL

Curta no facebook!
Siga nosso twitter!
PARTICIPE!

Queremos sua participação para melhorar o Concurso Público Brasil! Envie sugestões, elogios e críticas para a gente clicando aqui!

Informações de carater publico. Alguns direitos reservados.